historia

O Curso de Pedagogia do Centro Universitário de Formiga promoveu, nos dias 13 e 14 de junho, a Mostra Cultural: História da África e a Cultura Afro-Brasileira. As atividades ocorreram na Praça de Alimentação do prédio 1. A programação contou com a apresentação de um grupo de capoeira e de danças, dentre outras atividades. 

O projeto foi desenvolvido na disciplina Sociologia da Educação, ministrada pela Profa. Ma. Maria Francisca de Souza Lopes. Ela afirmou que a iniciativa contou com a participação das alunas do 3º período. "Apresentamos a diversidade cultural da África, suas raízes, sua história. Há influência deles na cultura, na culinária, na literatura e na dança de nosso País", destacou.

A professora explicou que as questões étnico-raciais estão contempladas nas diretrizes do Curso de Pedagogia e que, além disso, a História da África e a Cultura Afrodescendente são temas obrigatórios do currículo da Educação Básica.   

"O intuito principal da Mostra é preparar os nossos futuros educadores para o trabalho com a diversidade cultural, incluindo a cultura africana. Depois de um longo período de atividades sobre o tema, em sala de aula, realizamos esse evento para divulgarmos essa cultura para o meio acadêmico", ressaltou.

Parceria

A Profa. Ma. Maria Francisca de Souza Lopes recebeu o apoio de outros professores, da coordenação do Curso de Pedagogia e da Instituição para desenvolver o projeto. Ela disse ainda que foi feita uma parceria com a Escola Estadual Aureliano Rodrigues Nunes.  

"Já realizamos um trabalho na unidade de ensino e, para a Mostra Cultural, duas alunas de Pedagogia ensaiaram 28 crianças para se apresentarem no evento", comentou.

A vice-diretora da Escola Estadual Aureliano Rodrigues Nunes, Profa. Pollyana Xavier Leitão, também atua como Supervisora do Programa de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) do UNIFOR-MG. Ela disse que as crianças responderam muito bem à iniciativa. 

Obras

Além dos trabalhos realizados pelas estudantes, foram expostas na Praça de Alimentação peças que pertencem ao Prof. Dr. João Marcos Cardoso de Sousa. Ele explicou que os objetos foram adquiridos em suas várias viagens, dentre os locais visitados, estão Argélia, Angola, Namíbia e Moçambique.

Benefícios

De acordo com a coordenadora do Curso de Pedagogia, Profa. Neiva Maria Rodrigues Silva, o evento teve como objetivo difundir e valorizar o legado do Continente Africano para a cultura brasileira, no meio acadêmico.

“As atividades atendem à necessidade, por parte dos educadores, de formação e aprofundamento nos temas das Culturas Africana e Afro-Brasileira”, ressaltou.

AVISE-ME. Receba informações sobre o Vestibular UNIFOR-MG
Autorizo receber newsletter do UNIFOR-MG.