logo

0800 283 0494

facebookyoutubetwitterinstagran

MUDE PARA O UNIFOR-MG

40% DE DESCONTO NA OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE GRATUITAMENTE

historia

O Prof. Me. Gleuber Henrique Marques de Oliveira participou, em julho e agosto, de dois congressos internacionais sobre bioquímica e fisiologia. A 46ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular ocorreu de 27 a 30 de julho, em Águas de Lindóia, São Paulo. A programação contou com palestras e minicursos que abordaram bioquímica estrutural, metabolismo e biologia molecular, além da apresentação de pôsteres de pesquisadores de todo o mundo.

O docente dos cursos de Educação Física do UNIFOR-MG apresentou o resultado parcial de sua tese nas atividades. Ele comentou que participar dessas iniciativas de grande porte é de grande valor para a formação profissional. “Além de conhecer o que há de mais atualizado sobre pesquisa ou equipamentos em pesquisas biológicas, é um momento ímpar para compartilhar conhecimento com pesquisadores de outros países”, destacou.

Em seguida, entre os dias 1o e 5 de agosto, o professor participou do 38° Congresso Mundial de Fisiologia, na cidade do Rio de Janeiro. A programação teve como tema “Ritmos da vida” e abordou desde o ritmo de algum evento no âmbito celular até o ritmo de um sistema corporal. A palestra de abertura foi ministrada pelo Diretor da União Internacional das Ciências Fisiológicas, Denes Noble, do Reino Unido.

Foram realizadas diversas palestras de pesquisadores de grande importância internacional, como da pesquisadora Dee Unglaub Silverthorn, que falou sobre “The Intersection of Science, Education and Creative Communities”. O Prof. Me. Gleuber Henrique Marques de Oliveira apresentou o resultado parcial de sua tese “Effect of Cafeteria Diet and the Sympathetic Innervation on the Expression of Adiponectin and Leptin in Brown Adipose Tissue from Rats”.

O estudo fornece dados de como uma dieta rica em alimentos com açúcar e gordura podem modular a expressão de proteínas que são produzidas pelo tecido adiposo, como Leptina e Adiponectina. Também é avaliado o papel do sistema nervoso simpático sobre a produção dessas proteínas pelo tecido adiposo.

O docente ressaltou que foi uma experiência sensacional participar do maior evento de fisiologia do mundo. Ele argumentou que, além de atualizar e ampliar o conhecimento no campo da fisiologia com os melhores do mundo, foi um grande desafio apresentar para esses pesquisadores seu resultado parcial em inglês. “Agradeço ao Centro Universitário e à coordenação de Educação Física, que sempre me apoiaram de todas as formas para continuar aprimorando meus estudos”, afirmou.

RIO

20431601 1290601754398579 5123363101445584229 n

20376195 1287950061330415 6835775602568371207 n

unnamed 1

20621991 1292230910902330 1095479107800423191 n

unnamed

AVISE-ME. Receba informações sobre o Vestibular UNIFOR-MG
Autorizo receber newsletter do UNIFOR-MG.