icone buscar
CENTRO UNIVERSITÁRIO REALIZOU VI FÓRUM MINEIRO DE CIDADES INTELIGENTES E SUSTENTÁVEIS COM O TEMA “DIREITO URBANÍSTICO: APLICAÇÕES PRÁTICAS DA AGENDA 2030 NA GESTÃO DAS CIDADES”

CENTRO UNIVERSITÁRIO REALIZOU VI FÓRUM MINEIRO DE CIDADES INTELIGENTES E SUSTENTÁVEIS COM O TEMA “DIREITO URBANÍSTICO: APLICAÇÕES PRÁTICAS DA AGENDA 2030 NA GESTÃO DAS CIDADES”

terça-feira, 07 de maio de 2024.
CENTRO UNIVERSITÁRIO REALIZOU VI FÓRUM MINEIRO DE CIDADES INTELIGENTES E SUSTENTÁVEIS COM O TEMA “DIREITO URBANÍSTICO: APLICAÇÕES PRÁTICAS DA AGENDA 2030 NA GESTÃO DAS CIDADES”

O Centro Universitário realizou o VI Fórum Mineiro de Cidades Inteligentes e Sustentáveis com o tema “Direito Urbanístico: Aplicações Práticas da Agenda 2030 na Gestão das Cidades”, no dia 25 de abril, e contou com a presença de alunos dos cursos de Direito, Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Engenharia Civil e parceiros.

O público foi recebido no Salão de Eventos “Prof. Walmor de Borba”. O evento apresentou com palestras voltadas para o Direito Urbanístico, em que os profissionais debateram ações da Agenda 2030 que podem ser realizadas em prol do desenvolvimento das cidades.

O Reitor Prof. Dr. Marco Antonio de Sousa Leão ressaltou a importância de trazer o debate para alunos de vários cursos presentes a fim de contribuir tanto para expandir o repertório, como para incentivar ações voltadas para o desenvolvimento urbanístico.

A fala do Presidente da FUOM, Prof. Me. André Hostalácio Freitas, ressaltou a relevância para o Centro Universitário em receber um evento com tantos profissionais qualificados no mercado de trabalho apresentando um tema pertinente nos dias atuais: “A gente sabe que o problema da urbanização é um problema não só local, mas nacional. Logo, temos que levar em consideração que o mundo está se desenvolvendo cada vez mais, mas nem sempre as cidades conseguem acompanhar esse nível de desenvolvimento. Então é fantástico que a gente possa discutir isso aqui dentro do Centro Universitário, um lugar de formação de opinião, e que os nossos parceiros e os outros cursos além da área do Direito possam trazer suas contribuições”.

A coordenadora do curso de Direito, Profa. Ma. Ana Flávia Paulinelli Rodrigues Nunes, foi a responsável pela organização do evento. Ela conta que o objetivo foi organizá-lo de forma interdisciplinar para que o tema chegue a mais alunos. 

Além disso, foi feita uma parceria com a 16ª subseção da OAB de Formiga, com a Comissão Nacional de Direito Urbanístico da OAB Federal, com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA e com o programa “Rede Mineira de Cidades Inteligentes e Sustentáveis”, com o intuito de promover um senso crítico, despertar o conhecimento, e incentivar a discussão de ideias para proporcionar ao aluno o debate e senso crítico ao gerar propostas futuras para o desenvolvimento das cidades.

O palestrante Dênio Dutra Barbosa, que falou sobre “A participação popular como método de Gestão Municipal”, comentou um pouco sobre o tema discutido: “Todo o evento de hoje gira em torno da agenda 2030, que tem diversas metas. Uma dessas metas é o fortalecimento das instituições para tentar resolver os problemas que nós encontramos nas cidades. Para que a gente tenha instituições mais fortes, nós precisamos do envolvimento da comunidade, das pessoas que vivem nas cidades, sofrem com os problemas e estão atrás das soluções”.

O palestrante Túlio Khouri de Carvalho Oliveira, que falou sobre “Planejamento Urbano e Regularização Fundiária na prática: a maneira como o capital se comporta diante da atualização das Legislações Urbanísticas Municipais”, relatou que falar sobre o desenvolvimento urbanístico da região, relacionado ao planejamento urbano, realização fundiária, e abordar cidades inteligentes e sustentáveis, é uma pauta super importante no momento e que traz um valor social e enriquecedor em conhecimento para quem estiver presente, passando uma nova visão de mercado, principalmente para os alunos.

O palestrante Tiago de Morais Faria Novais, que falou sobre “O marco do saneamento básico e infraestrutura urbana”, apresentou sua contribuição voltada para saneamento: “Eu procuro contribuir dentro da lógica do saneamento, que é um dos eixos norteadores da infraestrutura urbana, fruto de discussões recentes, especialmente polêmicas, no novo marco do saneamento. Eu vou mostrar a evolução dos marcos institucionais do saneamento e falar sobre os investimentos em infraestrutura realizados especificamente dentro dessa área”.

A palestrante Daniela Campos Libório, presidente da Comissão Nacional de Direito Urbanístico da OAB Federal, que falou sobre “Dignidade da Pessoa Urbana: uma visão holística da agenda 2030 e dos 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, ressaltou a importância de discutir o Direito Urbanístico, pois todo cidadão busca ter mais qualidade de vida, tornando essencial o debate sobre o cuidado com a área urbana.

O palestrante Diego Vipa Amâncio, que falou sobre “Implicações práticas da tecnologia no desenvolvimento de Estudos Técnicos Urbanísticos, especialmente Ambientais – Levantamento Topográfico Georreferenciado e Sistemas de Informações Geográficas (SIG)”, apresentou o sistema de informação geográfica e explicou: “Grande parte de tudo que a gente faz envolvendo regularização urbana ou regularização rural envolve entender como funcionam os dados primários e os dados secundários que temos atualmente, mostrando a capacidade de utilizar as ferramentas de gestão que o próprio governo disponibiliza para nós. E também vou mostrar um pouco do que envolve essa parte de levantamento por meio de drone, que hoje em dia é bem utilizado no nosso mercado”.

 

fique por dentro

CAMPUS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO É EMBELEZADO POR FLORES E ÁREAS VERDES
24 de julho de 2024

CAMPUS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO É EMBELEZADO POR FLORES E ÁREAS VERDES

DOAÇÃO – ENCONTRO DE JOVENS VI ESCALADA
23 de julho de 2024

DOAÇÃO – ENCONTRO DE JOVENS VI ESCALADA

PROFESSOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO APRESENTOU TRABALHO EM EVENTO NA ALEMANHA
18 de julho de 2024

PROFESSOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO APRESENTOU TRABALHO EM EVENTO NA ALEMANHA

Pular para o conteúdo