UNIFOR-MG deverá ser parceiro do Projeto Teia MG - Unifor MG
icone buscar
UNIFOR-MG deverá ser parceiro do Projeto Teia MG

UNIFOR-MG deverá ser parceiro do Projeto Teia MG

segunda-feira, 31 de agosto de 2009.
UNIFOR-MG deverá ser parceiro do Projeto Teia MG

O UNIFOR-MG está se preparando para ser a primeira instituição de Ensino parceira do Projeto Teia MG. Para o dia 10 de setembro, está agendada uma reunião entre os representantes do Teia MG e a Reitoria do Centro Universitário para apresentação das condições para o termo de parceria e, a partir das 18h30, o projeto será apresentado aos alunos, no Salão Nobre do UNIFOR-MG “Eunézimo Lima”.

 

O UNIFOR-MG está se preparando para ser a primeira instituição de Ensino parceira do Projeto Teia MG.

 

O primeiro contato direto com os coordenadores do projeto foi feito em uma visita realizada no dia 13 de agosto pelos coordenadores dos cursos de Administração e Ciência da Computação, Prof. Ms. Eugênio Vilela e Prof. Alexandre Magno, na sede do projeto, em Belo Horizonte. Para o dia 10 de setembro, está agendada uma reunião entre os representantes do Teia MG e a Reitoria do Centro Universitário para apresentação das condições para o termo de parceria e, a partir das 18h30, o projeto será apresentado aos alunos, no Salão Nobre do UNIFOR-MG “Eunézimo Lima”.

 

O coordenador do curso de Administração comentou sobre o projeto e sobre a importância dele para os estudantes do UNIFOR-MG. “É uma excelente forma para nossos alunos auferirem uma renda alternativa utilizando-se de ferramentas gratuitas da Internet ao prestarem serviços tecnológicos na Rede Teia. Tenho certeza de que esta parceria será importante, pois coloca o UNIFOR-MG na vanguarda em termos de oferecimento de oportunidades de prestação de serviços”.

 

O coordenador de Ciência da Computação falou sobre as vantagens para os alunos do curso e para a comunidade. “O Projeto Teia é um projeto pioneiro no Brasil e no mundo, a inserção do UNIFOR-MG nesse projeto trará benefícios tanto para Instituição quanto para os estudantes. Com o Curso aqui no UNIFOR-MG, as chances de que o projeto cresça é ainda maior, já que os professores poderão orientar os alunos que já têm facilidade para utilizar tecnologia. Logo, os alunos de Ciência da Computação também poderão auxiliar na capacitação de alunos de outros cursos para que participem do projeto. Esse projeto incentiva a pesquisa e o uso de novas soluções em tecnologia, e, ao mesmo tempo, fornece capacitação a jovens e adultos para que possam utilizar ferramentas gratuitas que estão disponíveis no mundo. Além, disso os alunos do UNIFOR-MG que possuem interesse e se esforçarem poderão receber uma renda extra. Um dos principais objetivos do projeto é inserir jovens no mercado de trabalho para que possam “crescer” profissionalmente. Vale ressaltar que o aluno que participar do projeto poderá trabalhar em qualquer lugar do mundo, desde que possua um computador com acesso a Internet.

 

 

{mosimage}

 O coordenador do curso de Ciência da Computação, Prof. Alexandre Magno, o coordenador do curso de Administração, Prof. Ms. Eugênio Vilela, e os coordenadores do Projeto Teia MG, Paula Carvalho e Rafael Angeli, em encontro realizado no dia 13 de agosto, na sede do projeto, em Belo Horizonte

 

 

Projeto Teia MG

 

A rede, denominada Projeto Teia, é uma rede de prestadores de serviço e de conhecimento que, usando ambientes, ferramentas, intranet e aplicativos da WEB 2.0., auxiliam empresas, escolas, associações, sindicados, departamentos governamentais e todos os participantes das comunidades locais a trabalharem seus projetos na Internet, com o objetivo de promover a inovação nos processos econômicos, políticos e sociais

 

A rede nasceu em Minas Gerais e seu foco inicial são os municípios deste Estado, mas está aberta a todo o Brasil. Baseando-se no compartilhamento de conhecimento e melhores práticas, tem a capacidade de oferecer, a todos, serviços que antes só estavam disponíveis para as grandes empresas com grande capacidade de investimento.

 

O Teia é uma ferramenta para inserção dos jovens, micro, pequenos e médios empresários na economia globalizada. A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, constatando que os benefícios desta infraestrutura dependiam de muita informação e pesquisa constante, implantou o TEIA para oferecer estas oportunidades aos municípios deste Estado e a todos os interessados, com segurança de que os primeiros resultados são a redução dos custos de aprendizagem, pesquisa e atualização.

 

Diretamente, o projeto envolve: o Agente Teia: prestador de serviços na sua comunidade, cobrando por estes serviços, gerando receita e iniciando o seu próprio projeto; e o Cliente do Teia: aquele que contrata um Agente para ajudar o seu projeto a aproveitar e alavancar todo o seu potencial através da Internet.

 

Fonte: www.teia.mg.gov.br

 

Exemplo de caso do projeto Teia MG

 

Queijos e Queijos

Existe uma empresa de laticínios situada no município de Guarani, Minas Gerais, que estava necessitando de uma ferramenta 2.0.

 

A verificação da ferramenta foi feita por um agente TEIA, que percebeu a necessidade da implementação da ferramenta Ning, para criar uma rede de clientes, expor a marca, os produtos e no futuro pode se tornar uma página de tiragem de pedidos: www.queijosequeijos.ning.com.

 

Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária

A idéia inicial para o projeto da Rede Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária, fomentado pelo Fundo Setorial do Agronegócio e CNPq era criar um portal com informações sobre o tema e que, através de pesquisas, pudesse coletar dados e informações para que futuramente, profissionais pudessem se formar na área de Defesa Agropecuária de acordo com as necessidades identificadas no mercado.

A Defesa Agropecuária cadastrou-se como Cliente TEIA MG e foi prontamente atendida por um Agente TEIA. Algumas estratégias foram discutidas e revistas e a decisão tomada foi de criar uma rede que pudesse atender aos objetivos e se tornar a rede oficial da Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária. Se a idéia inicial da Defesa Agropecuária fosse implantada, o custo seria algo em torno de 10 mil reais para a criação do portal, fora o tempo médio de 2 meses. Além disso, haveria também um grande investimento no profissional ou profissionais que fariam a manutenção desse portal.  Agora, o custo para a criação da rede no Ning, bem como a sua configuração foi zero. O único investimento é no serviço do Agente TEIA MG, que, dependendo do projeto costuma variar de 500 reais a mil reais. Tudo isso, fora o tempo de 2 meses economizado.

 

 

Fontes:

www.teia.mg.gov.br

http://pt.wikibooks.org/wiki/Construção_coletiva/Queijos_e_Queijos

http://pt.wikibooks.org/wiki/Construção_coletiva/Rede_de_Defesa_Agropecuária

fique por dentro

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO UNIFOR-MG – SEGUNDA-FEIRA, DIA 05/12
2 de dezembro de 2022

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO UNIFOR-MG – SEGUNDA-FEIRA, DIA 05/12

ALUNOS DE ENGENHARIA AGRONÔMICA APRESENTAM PROJETO DE EXTENSÃO EM ESCOLAS
1 de dezembro de 2022

ALUNOS DE ENGENHARIA AGRONÔMICA APRESENTAM PROJETO DE EXTENSÃO EM ESCOLAS

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O VESTIBULAR DOS CURSOS EAD
1 de dezembro de 2022

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O VESTIBULAR DOS CURSOS EAD

Skip to content